Home / Esporte / Feriado atrapalha, e Grêmio não consegue liberar Luxa para quarta
Feriado atrapalha, e Grêmio não consegue liberar Luxa para quarta

Feriado atrapalha, e Grêmio não consegue liberar Luxa para quarta

O Grêmio bem que tentou, mas Vanderlei Luxemburgo está mesmo fora da partida contra o Santa Fé, nesta quarta-feira, na Arena, pelas oitavas da Libertadores. O departamento jurídico informou, via site oficial, que não foi possível obter o efeito suspensivo na Câmara de Apelações da Conmebol devido ao curto tempo aos trâmites antes do feriado do Dia do Trabalho, no dia 1º de maio. A posse do novo presidente da entidade, Eugenio Figueredo, também atrapalhou. Luxa foi suspenso por seis jogos e multado em 25 mil dólares na última segunda-feira, pelos incidentes na partida contra o Huachipato, em 18 de abril.

De acordo com o regulamento disciplinar da Conmebol, os membros da comissão técnica poderão assistir à partida no estádio, porém sem acessar o vestiário, o reservado nem se comunicar com a equipe durante o jogo. Luxemburgo deve acompanhar os 90 minutos num camarote reservado. O auxiliar Roger Machado deve assumir o comando da equipe à beira do gramado.

– Infelizmente, essa situação retira a possibilidade de contarmos com esses profissionais no jogo de amanhã (quarta). O departamento jurídico adotará as medidas cabíveis a partir da próxima quinta-feira, quando a Confederação Sul-Americana voltará a funcionar, com o objetivo de contar com estes profissionais já a partir do segundo jogo das oitavas de final – afirma o diretor jurídico do clube Thiago Brunetto.

A entidade ainda suspendeu por oito jogos o auxiliar Emerson Rosa e por cinco partidas o zagueiro Douglas Grolli. O Huachipato teve mais membros punidos, porém com menor intensidade. O técnico Jorge Pellicer e o preparador físico Marcelo Rosemblat levaram um jogo de suspensão cada, enquadrados no mesmo artigo do que Luxa e terão que pagar, respectivamente, multas de 1 mil e 2 mil dólares. Três jogadores foram punidos: Francisco Arrué (3 jogos e 5 mil dólares), Nicolás Nuñez (3 jogos e 5 mil dólares) e Juan Espinoza (5 jogos e 10 mil dólares).

Comments are closed.

Scroll To Top